Como pedir em casamento: 12 coisas a pensar para o pedido de casamento perfeito

Como pedir em casamento: 12 coisas a pensar para o pedido de casamento perfeito

Pedido de casamento mágico no porto
Pedido de Casamento no Jardim do Morro com vista sobre o Porto

É uma realidade, o pedido de casamento é algo muito intimidante e isso está relacionado com o grau de importância do momento.

Quer se tenham conhecido na faculdade, através de amigos em comum ou no Tinder vocês sabem que querem essa pessoa na vossa vida para sempre e ter um momento em que possam olhar para trás e recordar com carinho é importante. E por isso querem preparar algo especial e personalizado para o pedido. Mas quando começam a pensar em comprar um anel ou memorizar o discurso ficam ansios@s e meio perdid@s. É natural, perfeitamente natural!

E por isso escrevi este artigo não para servir como um guia mas mais como fonte de inspiração para a partir daí irem pensando num pedido de casamento que faça sentido para vocês. Escreverei o texto com o ponto de vista de ser um homem a pedir uma mulher em casamento mas deixo claro que os pedidos de casamento podem acontecer entre quaisquer duas pessoas, independentemente do sexo, religião ou tradição (apoio por exemplo ser a mulher a pedir o homem em casamento). A individualidade (e toda a sua liberdade) é algo em que acredito muito, respeito e que defenderei sempre. Dito isto:

Querem ler comigo?

Como planear o pedido de casamento

Agora que já vêm a luz ao fundo do túnel e prontos a pensar neste momento aqui estão algumas coisas a serem consideradas.

1.Certifiquem-se que estão na mesma página

Isto até pode parecer óbvio, mas é importante ter certeza de que vocês os dois estão a pensar em casar ou têm esse objetivo em comum. Se nunca aconteceu falarem sobre isso, comecem a sondar a vossa parceira sobre o futuro, o vosso futuro. Pode começar com uma conversa casual em que mencionam que um dia gostavam de casar e qual é a opinião dela. Podem dizer que gostavam de casar um dia e se ela também pondera isso no futuro, próximo ou não. Com receio de que a vossa parceira comece a desconfiar de um pedido de casamento? Sejam vagos, falem sobre o noivado ou o casamento de um amigo em comum que tenha sido recente e levem a conversa a partir daí. Não é fácil mas assim podem ter mais certezas sobre a resposta no momento do pedido. Isso ajuda a libertar alguma ansiedade.

2.Falem com os pais de ambos

Tradição antiga? Certamente. Ultrapassada? Definitivamente. Mesmo assim importante? Possivelmente. Depende muito da família. Da vossa e da dela. Há casos em que a parceira já deu a entender que esse era um passo indispensável. Eu sei ,eu sei que ninguém é propriedade de ninguém. Mas a vossa relação com os futuros sogros pode ser muito chegada e vocês saberem que eles davam valor a este ato simbólico. Podem abordá-lo de uma forma que não comprometa a vossa consciência ou forma de pensar, como por exemplo : ” Sr Augusto, queria falar consigo sobre uma coisa importante e tinha muito gosto que fizesse parte disso. Não lhe vou pedir autorização mas vou dizer-lhe de antemão que vou pedir a sua filha em casamento e se ficasse feliz por nós isso era muito importante para mim” . Falar com os vossos pais também ajuda a torná-los parte de um processo importante, a sentirem-se incluídos.

3.Comprar o anel

O anel de noivado é algo que a vossa parceira usará todos os dias para resto da vida, então convém terem uma noção do que ela realmente gosta. Tirar fotos dos anéis que ela usa todos os dias vai ajudar-vos a lembrarem-se do seu estilo. Comparem-no com moodboards do pinterest ou perguntem a opinião de pessoas que sejam próximas e que a conheçam bem. Quando tirarem as fotos aproveitem também para descobrir o tamanho do anel. Para isso podem usar os vossos próprios dedos para usar como medida ou utilizar uma caneta e marcar num papel a circunferência interna do anel. Ou se não for surpresa perguntem!

Depois peçam opiniões ou pesquisem na net por lojas de confiança aos amigos e família.

4.Sê pessoal

Agora que já têm um anel, é hora de planear a proposta. A primeira coisa a fazer é pensar sobre qual o vosso estilo e o da vossa parceira. Preferia uma proposta com um grande gesto? Um momento mais íntimo? Uma surpresa com familiares e amigos? Tenham em atenção que o orçamento nunca deve ser um fator de decisão porque podem tornar qualquer uma destas possibilidades em algo memorável sem gastar muito dinheiro. Por exemplo o sítio que vos faz mais sentido pode ser a vossa sala de estar mas podem criar um ambiente diferente acendendo muitas velas. Ou então gastem muito dinheiro se quiserem. You do You!

5.Considerem recrutar um profissional

Ninguém conhece a vossa parceira como vocês mas às vezes uma ajuda externa pode ser exatamente aquilo que precisam. Trazem ideias novas e originais que pode não vos ter ocorrido ou então têm uma vida ocupada ou até trabalham juntos e não há muito tempo sozinhos para prepararem o momento. Empresas como a Communicate (link) no Porto ajudam a preparar e organizar pedidos de casamento personalizados e inspiradores. Afinal poucos conhecem o Porto e os seus espaços como eles. Arrisquem pedir-lhes ajuda para ver o que vos propõe.

6.Levem cábulas

Se fazerem um discurso faz parte do vosso plano, preparem-se bem. Se vos contasse a quantidade de vezes em que vi noivos super confiantes no seu discurso a chegarem ao momento e sentirem as pernas a tremer e o discurso a eclipsar-se da cabeça e começarem a perder-se e a falar sem nenhum sentido vocês iam admirar-se! Levem pequenos apontamentos no telemóvel ou numa folha de papel se não quiserem escrever e ler todo o discurso mas ter algo a seguir para não se perderem é importante! Geralmente falar naquilo que torna a vossa namorada perfeita para vocês ou falar da altura em que se conheceram e como se conheceram costuma resultar muito bem porque liga a emoção a memórias, a uma história em conjunto que já existe e à qual serão adicionados novos capítulos.

7.Tenham uma história à mão

Para evitar estragar a surpresa, pensem numa boa desculpa para garantir que ela não desconfia. Ás vezes quando marcam certas viagens ou os planos forem um pouco fora do comum a vossa parceira pode desconfiar de algo. Ter uma história pensada como desculpa ajuda a que consigam manter a surpresa e vai deixá-la pelo menos com dúvidas suficientes para que quando o momento chegar tenham uma dose de surpresa suficientemente forte para se emocionarem.

8.Manter o anel em segurança

Histórias de anéis que foram encontrados antes do pedido? Temos. Histórias de anéis que caíram dos bolsos antes do pedido? Óbvio. Por isso mal comprem o anel mantenham-no em lugar seguro e secreto, se possível fora da casa em que habitam não se dê o caso de terem em casa uma Sherlock Holmes! E quando o levarem com vocês na viagem final garantam que o levam num bolso com fecho e que nunca vai sair da vossa beira.

9.Tenha um fotógrafo à espreita

Quer contratem um profissional ou peçam a um amigo para fotografar ou gravar o vosso pedido não se vão arrepender. Alguns pedidos de casamento dão origem a reações épicas! E não será essa uma das histórias mais fortes que vão ter em comum? Então porque não ter imagens a acompanhar para um dia mostrarem aos vossos filhos por exemplo? No caso de um fotógrafo profissional até podem utilizar esse momento para uma pequena sessão de noivado para ficarem com ainda mais recordações e para partilharem depois com amigos e família.

Se eventualmente isso não for possível ou não fizer parte do que prepararam (ter outras pessoas presentes) ponham o vosso telemóvel a gravar num lugar escondido. É mais fácil tirar uma imagem de um vídeo do que criar um vídeo com imagens!

10.Sejam flexíveis

Hey, a vida acontece. E por isso é escusado lamentarem-se porque algo não correu exatamente como planeado. Aprendam a ir com o flow. E a sentir os sinais. Prepararam o pedido para um momento íntimo num fim-de-semana específico mas a vossa namorada está com problemas no trabalho e passou a semana muito stressada? Se calhar é melhor adiar o pedido. Mas não os planos para passearem ou passar um momento a dois, afinal ela tem que aliviar o stresse de qualquer forma! Queriam fazer o pedido ao pôr do sol mas não vão chegar a tempo por alguma razão? Não apressem a situação. Quando chegar o momento querem estar num bom estado de espírito.

11.Não se apressem

Agora que tudo está pronto e chegou o momento respirem fundo, ajoelhem-se (ou não) e comecem o discurso que prepararam e ensaiaram. Depois do pedido dêm tempo à vossa parceira para vazar as emoções todas (processar o momento, chorar, abraçar, o que for) e não corram logo a colocar o anel. Deixem-na mostrar que está pronta para isso e então concretizem essa parte final do pedido.

12.Planear uma celebração

Seja uma reserva naquele vosso restaurante, uma garrafa da vossa bebida preferida ou aparecerem os amigos e família, vale tudo para celebrar este momento. Prolonguem-no pelo dia/noite, disfrutem dele o mais possível!

E agora que já têm tudo pensado e alinhavado ocorre-vos o seguinte: E a música?!? Que música vou pôr como som de fundo? Se tiverem uma música que seja especial para vocês essa será sempre a primeira opção. Se não têm ou se a música que têm não se adequa ao momento que prepararam seguem aqui algumas propostas para todos os gostos:

Músicas para pedido de casamento:

  • John Legend – All Of Me
  • Edward Sharpe & The Magnetic Zeros – Home
  • Ed Sheeran – Thinking Out Loud
  • Coldplay – A Sky Full Of Stars
  • Angus & Julia Stone – Mango Tree
  • Maluma – ADMV
  • Bruno Mars – Marry You
  • Snow Patrol – Just Say Yes

Já têm todos os passos e conselhos necessários para fazerem o vosso pedido de casamento portanto está na hora de começarem a fazê-lo acontecer!

Podem ver também esta galeria que fotografei de um pedido de casamento no Porto para inspiração (link).

Enviar

Procuras um fotógrafo de casamento e queres saber disponibilidade ?

Horário: Seg-Sex 10h-18h
934 533 833 | tiagoferreirinha.weddings@gmail.com

Obrigado! O vosso contacto foi enviado. Mal posso esperar por vos conhecer melhor. Entrarei em contacto assim que possível..