As 8 melhores dicas para escolherem as fotos para o álbum de casamento!

álbum de casamento
Álbum de casamento flat-lay.

Com este artigo pretendo dar-vos uma pequena ajuda no design do vosso álbum de casamento e na seleção de fotos. Para mim um álbum deve ser o destino final das vossas imagens, algo tangível que represente uma herança para passar de geração em geração. Algo que permaneça visível em vossa casa para que geração após geração possam disfrutar das memórias que construíram juntos, folheando uma e outra vez até as páginas se soltarem de tanto uso. Não é um investimento pequeno mas daqui a 20 anos acham que o valor investido vai fazer assim tanta diferença?

Mas voltando ao que vos trás aqui, o design do álbum. Sei que esta é sempre uma tarefa temida pelos recém casados e decidi juntar umas dicas para tornar esse processo mais fluído e tranquilo. E evitar trocas de mensagens intermináveis com o vosso fotógrafo!

1. Aproveitem o processo de escolha.

Um álbum de casamento é algo que vocês, a vossa família e os amigos vão folhear para o resto da vida, que terá as vossas lembranças favoritas do dia do casamento, por isso considero essencial reservar tempo para escolher as fotos que desejam incluir no mesmo. Acredito que escolher as fotos deve ser algo divertido, pois é mais uma etapa da jornada do vosso casamento. Por isso escolham um bom vinho (de nada!), aconcheguem-se no sofá e disfrutem.

2. Contar uma história.

Quando faço design de álbuns, gosto que contem uma história do dia. Organizo as imagens em ordem cronológica, incluíndo os momentos-chave do dia, e gosto de definir as cenas, os espaços e os momentos através de fotos que mostrem o cenário para que quem percorre as suas páginas tenha uma sensação do que foi estar lá, como era a igreja, como era a decoração, etc. Por exemplo, se houver uma mudança de local, gosto de incluir algo que o demonstre (pode até ser no carro em que viajam) e se o dia tiver alguma particularidade (como aquela decoração de fanáticos de senhor dos anéis) também o gosto de a mostrar. Por fim, gosto de começar e terminar o álbum com uma cena de abertura e outra de encerramento da história. A abertura pode ser o local onde se prepararam ou onde moram, o encerramento uma foto ao final da noite do espaço onde foi a recepção. Mas como todas as “regras” estas também podem ser quebradas. Portanto, se vocês puderem incluir fotos que ajudem a contar a história desta forma, isso ajuda muito no design e vai garantir que têm em mãos a melhor das histórias!

3. Dividam o dia em momentos.

O vosso álbum vai fluir melhor se tiver um bom equilibrio de fotos das diferentes partes do dia. Por isso, em vez de escolherem muitas fotos de uma parte do dia e menos de outro, tentem fazer uma distribuição mais completa e abrangente escolhendo apenas as melhores de cada momento.

Para vos ajudar segue um guia:

-Uma foto "WOW" para abrir o álbum
-Uma ou duas fotos do local para definir o cenário para a história
-Cinco fotos de preparação da noiva e mais até cinco de detalhes (vestido, sapatos, flores etc.)
-Três fotos de preparação do noivo e mais alguns detalhes 
-Uma foto ampla do local da cerimônia, mais um ou dois detalhes
-Uma ou duas fotos do noivo antes da cerimónia
-Uma ou duas fotos da chegada da noiva à cerimónia e outra a caminhar para o altar
-Até oito fotos da cerimônia de casamento
-Uma ou duas fotos de saída da igreja (se aplicável)
-Até doze fotos da receção e de interações entre convidados
-Até oito fotografias de grupo dos familiares e amigos mais chegados
-Quatro ou cinco fotos dos noivos, incluindo algo épico que pode ser uma página dupla
-Uma foto ampla da sala de jantar e mais duas ou três fotos de detalhes
-Uma cena da entrada dos noivos na sala / ou sentados na mesa
-Até cinco outras fotos da sala e convidados
-Cerca de seis de atividades e jogos (como lançamento do ramo)
-Uma ou duas fotos de sparkles
-Uma foto do bolo e uma ou duas do corte do bolo
-Duas ou três fotos do fogo de artifício (se aplicável)
-Duas ou três fotos da primeira dança
-Oito a dez fotos da diversão noturna, dança etc.
-Uma cena final, do local da festa no final da noite por exemplo.

Isso perfaz cerca de 80/100 fotografias e permite contar a história perfeita do vosso dia, cobrindo todos os momentos. Podem sempre adicionar folhas extra, se necessário, certificando-se de que ainda mantêm o equilíbrio na distribuição. No entanto aconselho a não escolherem muitas mais, porque quanto mais fotos escolherem mais pequenas vão ser. E fica sempre melhor dar espaço para que as imagens possam “respirar” e tenham mais impacto.

4. Incluam as vossas fotos preferidas e não aquelas que acham que devem colocar.

Este é o VOSSO álbum de casamento e deve conter as VOSSAS imagens favoritas do VOSSO dia. Apesar da sugestão que dei acima escolham com o coração e não apenas com a cabeça. Também não devem escolher fotos porque outras pessoas “esperam” que certas fotos estejam lá. Vocês têm todas as imagens na galeria online ou na pen USB e podem sempre imprimi-las, emoldurá-las e darem de presente a essas pessoas, se desejarem.

5. Pensem em pedir álbum de presente para os pais também.

Uma mini réplica do álbum pode ser uma prenda de valor incalculável para oferecerem aos vosso pais ou outros familiares e amigos. Para que também eles possam relembrar o vosso dia. Afinal, mais vale mostrarem essas fotos aos amigos do que quando vocês eram pequenos e estavam no banho a fazer um berreiro. E são excelentes prendas de Natal!

6. Mantenham o álbum onde possa ser apreciado.

Quando receberem o álbum, deixem-no onde possa ser apreciado com frequência! Mantê-lo na estante de livros ou na mesa de centro garante que ele esteja sempre à mão para ser folheado por vocês ou para exibi-lo quando receberem convidados.

7. Considere comprar alguma arte para decorar a casa.

Eu sou o maior defensor de aproveitarem as vossas fotos ao máximo. Que tal aquela foto vossa que toda a gente elogia? Imprimam as vossos fotos e espalhem-nas pela casa toda! A vida deve ser cheia de fotos. Se forem nossas tanto melhor 😛

8. Escolham a capa ideal.

Escolham uma cor neutra e um material intemporal para que nunca se cansem dele. Ou se for esse o vosso estilo um amarelo vivo com um design fora da caixa! You do you 😀 Perguntem ao vosso fotógrafo que soluções dispõem. Geralmente os fornecedores têm várias soluções (a que podem estar agregados valores diferentes do álbum comum que o fotógrafo costume apresentar.

Bem, espero que este artigo vos tenha ajudado a criarem o vosso álbum. Se tiverem qualquer dúvida não hesitem em contactar-me, estou sempre disponível para ajudar. Se ainda não estão nesta fase e pelo contrário estão a começar então vejam o post sobre:

10 IDEIAS DE CASAMENTO PARA UM DIA MAIS VOSSO!

Um abraço,

Tiago

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *